• Nevo de Becker

    lumines066O que é?

    O nevo de Becker, também conhecido como melanose de Becker, é uma marca de nascença de aparecimento tardio que acomete principalmente homens.

    Ocorre devido a um crescimento exagerado da epiderme (camada superior da pele), dos melanócitos (células que dão cor à pele) e dos folículos pilosos. Desenvolve-se durante a infância ou adolescência, na maioria das vezes nos ombros ou porção superior do tronco.

    Acredita-se que a causa seja um defeito genético que, no entanto, ainda não foi identificado, e que o surgimento possa ser desencadeado pelo início da circulação dos hormônios masculinos durante a puberdade.

    Manifestações clínicas

    O nevo de Becker forma uma mancha marrom grande que, algumas vezes, chega a atingir mais da metade da parte superior do tronco. Após a puberdade, a mancha se torna mais escura e com pelos, fenômeno conhecido como hipertricose.

    Raramente, pode haver alguma anormalidade nos tecidos abaixo da mancha derivados da mesma porção embrionária. Isso é conhecido como síndrome do nevo de Becker. Essas anormalidades podem ser:

    • Hamartoma de músculo liso (crescimento exagerado de tecido muscular);
    • Sub-desenvolvimento de estruturas sob a mancha como: mama, músculo peitoral, gordura, parede torácica e coluna;
    • Hiper-desenvolvimento de estruturas como: glândula adrenal, membros, dedos, bolsa escrotal.

    Tratamento

    Não existe um tratamento efetivo para a maioria dos nevos de Becker mas o excesso de pelos sobre a mancha pode ser tratado com laser ou eletrólise.

    Evitar expor a mancha ao sol evita o estímulo à pigmentação e pode deixar a mancha menos escura. Também pode ser usado laser para remoção de pigmento, mas nem sempre o tratamento é efetivo.

    Na clínica Lúmines utilizamos o laser QX-MAX para a diminuição do pigmento e dos pelos.

    Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista

    Fonte: http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/nevo_becker.shtml

    Leave a reply →
  • Posted by Elvin on 5 de outubro de 2017, 19:50

    Salam men Azerbaycanliyam hemanhiyoma xastesiyem

    Reply →

Leave a reply

Cancel reply