• Laser Erbium: Yag e Laser CO2 Fracionado

    lumines007O Laser de Co2 foi considerado um dos melhores tratamentos para rejuvenescimento facial não cirúrgico que existe. Desde a década de 60, é utilizado na prática médica. Inicialmente o tratamento se dava de uma forma contínua, ou seja, não fracionado. A recuperação, desta forma, era muito longa e com grandes possibilidades de complicações, como; cicatrizes, manchas e feridas crônicas. O laser de CO2 tradicional é aplicado em uma só sessão e tem ação sobre toda a extensão da pele, enquanto o laser de CO2 Fracionado age em micropontos, e é aplicado em sessões seriadas, minimizando a recuperação do tratamento, mas mantendo bons resultados. A aplicação fracionada foi o maior avanço no mundo dos lasers, considerando os tratamentos estéticos, e começou com o aparelho FRAXEL (laser erbium glass).

    O princípio do Laser fracionado é a criação de microzonas térmicas de energia que atravessam a pele, deixando entre essas colunas algumas porções de pele não acometidas, possibilitando uma cicatrização mais rápida a partir da pele saudável e conseqüentemente um pós-operatório melhor tolerado.

    A Energia que é emitida pelo CO2 Fracionado age diretamente sobre a pele doente ou envelhecida e se propaga lateralmente agindo mais amplamente sobre o tecido levando a um estímulo na produção de colágeno, uma das estruturas responsáveis pela qualidade da pele. Quanto maior a energia do laser, maior a profundidade da coluna, assim consegue-se melhorar cicatrizes e rugas mais profundas, difíceis de serem alcançadas por outros métodos.

    O laser co2 é um laser ablativo, ou seja, ele age destruindo a epiderme (perfurando). O seu comprimento de onda é de 10600 nm e a luz é absorvida pela água, ou seja, a água absorve a luz emitida pelo co2 e a transforma em calor. Durante sua aplicação elimina e evapora as estruturas da pele que contém água, que está presente em todos os tecidos.

    O laser de co2 fracionado começou a ser aplicado, no Brasil, no final de 2007. As aplicações foram bem variadas, porém ainda não havia um entendimento completo da sua utilização e dos efeitos adversos. Este laser foi tão aceito que em 1 ano, era o laser mais utilizado para rejuvenescimento facial.

    A aplicação tem as suas faces negativas. Este laser dói bastante no momento da aplicação, sendo necessária uma sedação em alguns pacientes. Também necessita muita cautela a aplicação em pessoas de pele morena a negra, pois, dependendo, pode ocasionar manchas.

    Principais tratamentos onde o Laser CO2 é utilizado

    O Laser CO2 é indicado para os tratamentos abaixo:

    • Melhoria de Rugas
    • Periorais
    • Periorbitais
    • Rugas Finais
    • “Pés de Galinha”
    • Envelhecimento Facial
    • Fotoenvelhecimento
    • Rugosidade
    • Aspereza da Pele
    • Cicatrizes de Acne
    • Manchas provocadas pela radiação solar (efeito questionável) ◦Melanose Solar
    • Lentigos
    • Efélides
    • Sardas
    • Outras manchas de pele
    • Tumores Benignos que comprometem a estética facial.
    • Estrias
    • E cicatrizes em geral.

    Recuperação do Tratamento

    A recuperação ocorre em aproximadamente 3 dias até uma semana, mas alguns cuidados são necessários. A pele apresenta uma descamação leve como se tivesse sido queimada pelo sol, e permanece um pouco avermelhada por 2 semanas. A exposição ao sol deve ser realizada com cuidado e no dia-a-dia é necessário o uso de protetor solar, pois essa nova pele recuperada e ainda em cicatrização está mais sensível e passível de manchar com maior facilidade.

    Número de Sessões – Metodologia de Uso

    O Método fracionado necessita de várias sessões para apresentar resultados, mas na primeira aplicação já é possível observar melhora.

    Este tratamento é importante ferramenta para o rejuvenescimento, devemos, no entanto nos lembrar que existem riscos. Uma avaliação cuidadosa é necessária e as expectativas de cada paciente devem ser adaptadas para as reais possibilidades do método, que é muito eficiente, mas como tudo em estética, não é mágico.

    É sugerida uma média de 03 a 04 sessões, variando conforme a necessidade do tratamento.

    LASER ERBIUM:YAG:

    O laser erbium: yag foi lançado no mercado brasileiro por volta do final de 2009. Não foi dada muita atenção, pois, neste momento, era o auge da aplicação do co2.

    Porém, no mercado europeu, já percebíamos um aumento das aplicações e de trabalhos científicos pelo erbium.

    Particularmente, comecei a trabalhar com este laser, em fevereiro de 2011. De certa forma por insistência de algumas pessoas. Porém desde o início já fiquei encantado com a facilidade de aplicação e pela dor, que é três vezes menos doloroso que o co2.

    O resultado do rejuvenescimento se mostrou mais limpo e com a pele bem mais brilhante. Comparação difícil de colocar em palavras. Após 4 meses de uso, resolvi vender meu co2, pois este já estava parado na clínica. Quero lembrar que continuo gostando do co2 e este tem suas indicações, porém em nível de consultório, o laser erbium está tendo melhor aceitação. Tivemos muitos relatos espontâneos de pacientes que haviam feito o co2 e estavam experimentando o erbium, todas defendiam a aplicação do segundo. Para maiores informações click no link Erbium Yag.

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply