• Granulos de Fordyce

    lumines062São glândulas sebáceas assintomáticas comumente encontradas na mucosa oral, no lábio superior e região retromolar. Caracterizam- se por múltiplas pápulas amareladas ou esbranquiçadas de 0,1 a 1 mm de diâmetro que ocasionalmente podem se juntar e formar placas.

    Somente as glândulas sebáceas visíveis através do epitélio devem ser consideradas como grânulos de Fordyce. Em crianças, normalmente, não são notadas até a puberdade, embora estejam presentes histologicamente. Sua incidência aumenta com a idade, principalmente após o estímulo hormonal da puberdade. A prevalência em adultos é grande, com uma discreta predominância no sexo masculino. Histopatologicamente, as lesões são indistinguíveis das glândulas sebáceas, porém não estão associadas ao folículo piloso e seu ducto se abre diretamente na superfície.

    É uma entidade de fácil diagnóstico clínico e não são necessários exames complementares. O quadro deve ser diferenciado de outras lesões da cavidade oral.

    Apesar de seu caráter assintomático e de serem considerados variantes da normalidade, alguns pacientes procuram tratamento por razões estéticas.

    Existem relatos de casos onde foram utilizados o ácido bicloroacético, laser de CO2, laser erbium:yag,  terapia fotodinâmica usando ácido 5-aminolevulínico, isotretinoína oral e curetagem com eletrocoagulação.

    Na Clínica Lúmines, utilizamos o laser erbium:yag da FOTONA para realizar a cauterização destes grânulos. O objetivo do tratamento é apenas estético.

    Leave a reply →

Leave a reply

Cancel reply